Adriane Lopes costura tentativa de reeleição ouvindo propostas de três partidos

Sherse Faxyria
By Sherse Faxyria

PP, PL e Republicanos declararam estar de portas abertas para receber a prefeita

Vice do ex-prefeito Marquinhos Trad (PSD), que deixou o comando da prefeitura de Campo Grande para concorrer ao governo do Estado, a prefeita Adriane Lopes, que até então permanece no Patriota, busca outra sigla para disputar a reeleição ao Executivo nas eleições de 2024.

A mudança de partido é cogitada pela prefeita, em conjunto com o marido, deputado estadual Lídio Lopes, desde quando foi anunciada a fusão do Patriota com o PTB, que foi aprovada em convenção nacional, registrada em cartório pelos diretórios nacionais e no momento aguarda homologação pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Desde que indicou a possibilidade de mudança, Adriane Lopes vem sendo “cortejada” por siglas alinhadas à direita e ao ex-presidente da República Jair Bolsonaro. De forma declarada, até o momento o PP, PL e o Republicanos, abriram as portas para o ingresso da prefeita de Campo Grande.

A mais recente investida aconteceu nesta semana e partiu diretamente da ex-ministra da mulher e atual senadora pelo Distrito Federal, Damares Alves, durante agenda na Capital.   “Convidei a prefeita para vir ao Republicanos. Se ela pudesse estar no meu partido, seria um ganho. Já estive com ela em outros momentos, sei o coração dela. Então, a gente só ganharia tendo uma gestora do porte da nossa prefeita. Uma coisa posso garantir, o Republicanos está indo para um momento de protagonismo no mundo inteiro, que faça mais vereadoras, prefeitas, vice-prefeitas, estamos investindo na formação de lideranças”, disse a senadora.

“Muito obrigada pelo convite, fico muito lisonjeada pela propositura. Vamos avaliar”, resumiu a prefeita após o convite.

Com plano de expandir a quantidade de prefeitos e vereadores em Mato Grosso do Sul na eleição de 2024, o PP também convidou a prefeita para assinar a ficha de filiação. Atualmente o partido é comandado pela senadora Tereza Cristina, que também ocupou cargo de ministra no governo Bolsonaro. “A Tereza Cristina fez o convite, outros partidos também fizeram, mas não vou falar quais, prefiro segurar”, confirmou o deputado Lídio Lopes recentemente ao Campo Grande News.

Além de PP e Republicanos, o próprio ex-presidente Jair Bolsonaro, teria convidado, através de uma videochamada, a prefeita Adriane Lopes a se filiar ao PL. A situação também foi confirmada pelo deputado estadual Lídio Lopes. “Ele disse que teria interesse na Adriane e que iria marcar agenda para irmos a Brasília”, revelou. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Share This Article