MS passa a ter semana para incentivar participação de jovens na política

Sherse Faxyria
By Sherse Faxyria

Iniciativa virou lei; ideia surgiu após IBGE apontar a baixa emissão de título eleitoral

Mato Grosso do Sul passa a ter a Semana de Incentivo à Participação do Jovem no Processo Eleitoral, iniciativa de autoria do deputado estadual Antônio Vaz (Republicanos) aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Eduardo Riedel, com publicação hoje (29) no Diário Oficial.

A lei passa a integrar o calendário oficial de eventos de Mato Grosso do Sul, devendo ter programação na primeira semana do mês de agosto. O propósito da lei é “incentivar a promoção de atividades voltadas à integração do jovem sul-mato-grossense no processo eleitoral, buscando conscientizar sobre a influência da política no lazer, na educação, no meio ambiente e em todas as áreas passíveis de influência política”.

A semana de incentivo à participação no processo eleitoral também tratará da conscientização dos pais e responsáveis dos jovens sobre a necessidade de incentivo familiar na busca de conhecimento político-eleitoral. A partir da nova lei, o poder público fica autorizado a promover parcerias com entidades, associações e grupos socialmente envolvidos com a causa, promover campanhas, pesquisas e outras atividades.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), há mais de seis milhões de jovens entre 16 e 17 anos no Brasil, porém, dados do Tribunal Superior Eleitoral apontaram que apenas cerca de dois milhões de jovens nessa faixa etária fizeram o título eleitoral nas eleições de 2022.

A baixa participação dos jovens no processo político foi o motivo apontado pelo deputado Antônio Vaz (Republicanos), autor da iniciativa. “O resultado destes dados nada mais é que a necessidade da conscientização dos jovens e responsáveis, integrando cada vez mais os futuros cidadãos da nação no processo político-eleitoral, no intuito de construir um futuro valoroso para todos”, explicou Antônio Vaz.

Share This Article