Em Campo Grande, Startup Day reúne mais de 50 pessoas interessadas em inovação

Sherse Faxyria
By Sherse Faxyria

Campo Grande é uma das 110 cidades brasileiras que recebeu no último sábado (27) o Startup Day, evento realizado pelo Sebrae junto a parceiros locais para reunir a comunidade de inovação, gerar conexões e mostrar como empreender por uma nova perspectiva. A programação reuniu um público de mais de 50 pessoas no Living Lab, laboratório de inovação aberta e prototipagem, que discutiu tendências, investimentos em negócios inovadores e conferiu o anúncio das startups vencedoras do desafio Sebrae Like a Boss.

Em Mato Grosso do Sul, o Startup Day também foi realizado em Bonito, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados e Três Lagoas, com uma programação própria voltada à inovação e visando o fortalecimento dos ecossistemas de startups. “É uma ação nacional que o Sebrae realiza, que no estado, acontece em seis cidades. O Startup Day é um evento que traz experiências de ideias disruptivas, para estimular toda a comunidade que pretende desenvolver uma ideia criativa, propiciando o surgimento de novas startups”, afirma o diretor de Operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro.

No estado, o evento é realizado pelo Sebrae/MS, por meio do Living Lab, e recebe o apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Governo do Estado, via Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc) e Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado (Fundect).

Um dos destaques da programação na Capital foi a realização de um bate-papo com a rede de parceiros do ecossistema de inovação de Mato Grosso do Sul, que abordou oportunidades para negócios e ideias. Um dos participantes foi o reitor da UFMS e conselheiro do Sebrae/MS, Marcelo Turine, que frisou a importância de empreendedores buscarem parcerias com instituições de ensino, para o apoio no desenvolvimento de negócios inovadores.

“A universidade tem um papel fundamental na questão da geração do conhecimento científico, tecnológico e inovador. A aproximação do conhecimento das ideias com as universidades é positiva para termos uma escala de inovação, e aí conseguir mais mercado, tanto nacional como internacional. É muito bom estar aqui com o Sebrae nessa discussão, incentivando cada vez mais as empresas dos estados a serem inovadoras”, disse Turine.

Outro participante do debate, o diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira, também conselheiro do Sebrae/MS, destacou que as fundações de fomento têm um olhar voltado para o empreendedor inovador. “É uma conversa entre academia, governo e Fundect, que é o órgão executor que concede recursos e implementa essa nova forma de apoiar empreendimentos inovadores. É sobre também transformação. O estado está avançando muito e se posiciona hoje como um dos mais inovadores do país e esse papel do Sebrae/MS é fundamental nessa transformação e no avanço do ecossistema de inovação do Mato Grosso do Sul e dos ecossistemas dos municípios”, pontuou.

Complementando, o secretário executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação da Semadesc, Ricardo Senna, conselheiro do Sebrae/MS, mencionou a importância de políticas públicas voltadas à inovação. “Quando avaliamos o trabalho que o Sebrae vem fazendo, mapeando os ecossistemas de inovação e tentando fazer as articulações com as instituições, percebemos que temos ecossistemas em estágio inicial, e por essa razão, eventos como esse são importantes para que possamos nos conectar e permitir a articulação entre esses atores. Do ponto de vista do Governo do Estado, é importante conhecer todo esse movimento para que possamos calibrar nossas ações, entender o que é importante de fato para acelerar esse movimento e o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul”.

Ainda como parte da programação, o Startup Day em Campo Grande contou com uma palestra sobre Inteligência Artificial, com discussões sobre as melhores ferramentas para os negócios e uma oficina para iniciantes sobre projetos em impressoras 3D, ocorrida no Lab Maker, ambiente do Living Lab equipado com equipamentos necessários para a construção de protótipos utilizando tecnologia.

Desafio Sebrae Like a Boss

O anúncio das startups vencedoras da Seletiva Estadual do Desafio Sebrae Like a Boss também foi feito no Startup Day na Capital. Essa competição é uma iniciativa do Sebrae voltada a startups em operação e tração, que busca impulsionar o crescimento e a inovação dessas empresas. Ao todo, oito empreendimentos de Mato Grosso do Sul estavam concorrendo e desses, foram selecionados três vencedores, que vão representar o estado na etapa nacional do desafio: “Entendeu Direito ou Quer Que Desenhe?”, “Bruaca” e “Sativart”.

No desafio, os donos das startups apresentaram pitches de até três minutos para um corpo de jurados, devendo resumir o trabalho executado pelo empreendimento, as oportunidades do negócio e objetivos futuros. Uma das participantes foi a empreendedora e pesquisadora Denise Silva, fundadora da empresa Bruaca, um negócio de impacto social de Miranda (MS) que tem como objetivo oferecer vivências e produtos culturais de comunidades tradicionais localizadas no território Pantanal Sul, reunidas em uma plataforma inovadora.

“O Bruaca Pantaneira é vitrine dos saberes e sabores das comunidades tradicionais do Pantanal Sul. O pitch é um desafio, falar o trabalho de uma vida em 3 minutos, mas a ideia é mostrar que no Pantanal tem gente com um saber ancestral único, capaz de atender os interesses do mercado, mas também de encantar o mundo, gerando renda e dignidade para as comunidades tradicionais. O ambiente de inovação está em crescimento e a gente aprende com os pares, estar nesses momentos é a oportunidade de aprender, ouvir, receber críticas e amadurecer o projeto, além de ter novas ideias”, contou a empreendedora.

Share This Article